A internet representa um espaço onde a comunicação pode fluir sem que existam barreiras.
Sejam barreiras políticas, ideológicas, religiosas, etc.
Assim, essa nova comunicação tem a característica de ser livre.
Sem órgãos reguladores, sem interferências no ato de comunicar.


No entanto, novos fatos vêm mostrando que existem grupos de empresas e agências reguladoras interessadas em modificar este ambiente de “liberdade para discursar”. Esses grupos querem aumentar o poder de fiscalizar e controlar o tráfego da comunicação feita na rede, instaurando assim, um "Governo da Internet" que seria o fim da liberdade de discursar.
Seria a instauração de uma tirania que coibiria qualquer comunicação que não esteja de acordo com os interesses desses grupos controladores: grandes empresas cujo único fim é o lucro, famílias oligárquicas e políticos que estão há muito tempo no poder e agências reguladoras que beneficiam estes grupos.


Enfim, a instauração de um governo para a Internet significaria a instauração de um poder para a manutenção da situação atual, disfarçada em ordem: concentração de renda, pobreza, ignorância, violência, corrupção, desemprego, abuso do capital, sistema colonial disfarçado...

 

Este site apóia a democracia e a liberdade de discursar, rejeitando qualquer ação que viole estas crenças.

 
Blog Summary Widget