SAMSARA

Segundo uma lenda oriental existe um lugar chamado Samrara(mundo dos mortos). Lugar muito parecido com o inferno dos ocidentais. Neste local são mandados os seres que criaram um karma excessivo, ou que cometeram muitos pecados, para que paguem suas “dívidas”.

 

A lenda nos conta que neste lugar o ser tem as mesmas características humanas: possui um corpo parecido com o que nós usamos aqui, se agrupam da mesma maneira, trabalham e dormem como nós fazemos aqui e tem uma sociedade igual à nossa.

 

A diferença é que lá o ser não consegue sair do estado de inconsciência. Lá o ser vive num estado de expiação onde tem que suar para sobreviver, é governado por pessoas corruptas, trabalha a maior parte do dia, envelhece até seu corpo perder a vitalidade, tem muito pouco lazer e é incapaz de modificar sua situação de expiação.

 

A lenda diz que depois de pagar as dívidas o ser é libertado de seu cativeiro, um corpo físico que envelhece, sofre e morre. A libertação do corpo físico faz o ser ir para a dimensão do cósmos onde tem mais afinidade, ou aquela em que acredita pertencer, ou ainda, aquela para qual quer ir. Esta libertação é muito esperada por alguns seres que, de uma maneira, ou de outra, tomaram conhecimento da verdade, a de que vivem no inferno.

Que vivem em Samsara.

 

 

Maya Natureza

Tu me criaste
e Eu vivo em ti

Mas a própria energia que me gera
me ilude e engana

Bela Maya
Tua beleza é meu cárcere
de tentações e prazeres
que me prendem a esta dimensão
de ilusões e sofrimentos

Apegos ao transitório

Beleza

Algo que agrada aos olhos,
e que desperta o desejo de posse.

O desejo é um abismo onde nos jogamos voluntariamente.

Mas o que é ser humano sem sofrer de paixão?
Não humano?
Ou humano livre do sofrimento, livre da paixão?

O budismo nos diz que a vida é melhor sem paixão.
Assim, ela é uma vida sem sofrimentos, sem dores.
Mas como ser livre da paixão com a beleza nos rondando?

A paixão é o desejo de querer mais do mesmo, sempre.
Buscamos perpetuar os momentos e os sentimentos agradáveis.

Essa tentativa nos faz escravos da ilusão do eterno prazer.
Maya, a energia criadora
é a materialização de Deus e de tudo o que é possível
De tudo o que é agradável para os sentidos.

 

Comments are closed.

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.