Verde

 

Precisamos mudar, agora!
Enquanto alguns tentam negar o aquecimento global, esquecemos que o principal ponto é que estamos realmente destruindo o planeta. Se ele vai ficar mais quente ou mais frio, não é tão importante. É mais importante pensar que estamos causando uma série de impactos negativos ao planeta.
Precisamos nos preocupar com as consequências de um sistema baseado no lucro a qualquer custo. Necessitamos compreender que cada movimento dentro de um sistema causará alguma modificação. E nós não estamos nos preocupando com os rastros que deixamos sobre o planeta. Não estamos preocupados com a lixo que produzimos, com o esgoto que vai para o mar, rios e lagos, com a fumaça tóxica que está envenenando o ar, com as queimadas que destroem as florestas e matam os animais, com os pesticidas que envenenam nossos alimentos, o solo, os rios e mares, com as matanças de animais que está extinguindo várias espécies.
E tudo isso é feito para satisfazer nossos desejos de consumo, “adquiridos na sessão da tarde” e em propagandas miraculosas que despertam a vontade do novo.
A tecnologia que existe hoje é capaz de fazer toda a humanidade viver com mais qualidade de vida. Mas, ao invés de dar essa qualidade de vida, a tecnologia está tirando-a de nós. A busca frenética das empresas em fazer mais, em vender mais, está nos tornando escravos de um sistema que está nos matando aos poucos.
E como um louco em seu próprio mundo da fantasia, estamos assistindo a tudo sem fazer nada para modificar a situação.
Preferimos ouvir os cientistas patrocinados por multinacionais que dizem que não existe o aquecimento global, é só uma mudança cíclica e que a tecnologia está melhorando nossas vidas.